Processo de candidatura à equivalência ao Curso de Mestrado Integrado em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Titulo

Caros colegas, finalmente saiu o edital para o processo de Equivalência Médica. Até o momento processo apenas pela Universidade de Lisboa. Mas acredito que pelo menos mais uma universidade irá abrir.

Não se esqueçam que o prazo é curto: de 10 a 31 de outubro de 2018.

  • Período de submissão de candidaturas: 10 a 31 de outubro de 2018
  • Exame de Português: 30 de novembro de 2018
  • Prova de Conhecimentos: 10 de janeiro de 2019
  • Prova Prática: a decidir por cada escola médica
  • Apresentação da Tese: até 6 meses depois da realização da prova prática

INFORMAÇÃO RETIRADA DO SITE DA FACULDADE DE MEDICINA DE LISBOA:

Processo de candidatura à equivalência ao Curso de Mestrado Integrado em Medicina (CMIM) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL)

Requisitos para efetuar a candidatura:

 Leitura prévia integral do Regulamento. (Download)
A candidatura é realizada presencialmente pelo candidato, ou por pessoa munida de uma procuração para esse efeito.

Documentação necessária:

  • Documento de identificação pessoal (ou fotocópia autenticada em situações em que não seja o próprio a instruir o processo);
  • Diploma do curso, autenticado por agente diplomático ou consular português no país onde obteve o grau;
  • Certificado de exames, com os resultados de todas as disciplinas que compõem a sua formação em Medicina, autenticado por agente diplomático ou consular português no país onde obteve o grau;
  • Programas analíticos e cargas horárias das disciplinas do curso realizado, devidamente descriminados, com todas as páginas autenticadas pela instituição de ensino superior que os emitiu;
  • Uma fotografia tipo passaporte;
  • Currículo Vitae atualizado;
  • Quatro exemplares, em suporte papel, do Trabalho previsto na alínea c) do n.º 1 do artigo 9.º do presente regulamento, quando aplicável(consultar regulamento);
  • Conversão da escala numérica (caso seja diferente da escala de 0 a 20), tendo que entregar o documento comprovativo da classificação final do curso;
  • Documento de reciprocidade entre países, quando aplicável (consultar regulamento);
  • Tradução dos documentos para Língua Portuguesa, à exceção dos que se encontrem em Espanhol, Francês, Inglês e Italiano;
  • Preenchimento no ato da candidatura do impresso Modelo 525 (fornecido pela FMUL no ato da candidatura);
  • Declaração sob compromisso de Honra em como não instruiu nenhum pedido noutra Escola Médica Portuguesa (minuta disponível AQUI);
  • Declaração assinada onde consinta expressamente o tratamento dos dados pessoais contidos na candidatura (minuta disponível AQUI).

Entrega de documentação para candidatura:

  • Local
    Serviços Académicos da FMUL – Piso 0 (junto ao bar dos alunos)
  • Horário
    Das 10:00h às 13:00h
  • Prazo
    De 10 a 31 de Outubro de 2018

Procedimento:

  1. Solicite senha junto ao segurança. Peça ao segurança o impresso Modelo 525. Preencha o impresso modelo 525 e aguarde a chamada.
  2. Quando o funcionário o chamar entrega-lhe o impresso modelo 525 preenchido e o documento de identificação. O funcionário vai confirmar os seus dados.
  3. Entregue ao funcionário a documentação obrigatória solicitada no regulamento. A sua documentação será colocada em envelope fechado fornecido pela FMUL.
  4. O funcionário irá registar o seu contato de e-mail de telefone e vai ativar o registo de pagamento de emolumento.
  5. Efetue o pagamento na Tesouraria do emolumento associado (500,00€ – quinhentos Euros), de acordo com a tabela de emolumentos da FMUL (disponível AQUI).
  6. Após efetuar o pagamento vai receber dois comprovativos de pagamento. Entregue um comprovativo ao funcionário que recebe as candidaturas.
  7. O funcionário ao receber um comprovativo de pagamento vai-lhe entregar uma cópia do impresso Modelo 525.

A verificação da documentação entregue não é realizada no ato da candidatura. A verificação é realizada em fase posterior. Nesse sentido recomendamos a atenta verificação dos documentos que são entregues.

Documentação em falta / DesistênciaCaso seja detetada alguma documentação em falta, será contactado pelos serviços no sentido de entregar essa documentação.
Em caso de não entrega de documentação obrigatória até 31 de outubro de 2018, a sua candidatura fica sem efeito.
Em caso de desistência da candidatura o valor pago de emolumento não é devolvido.

Contacto para esclarecimentosQualquer esclarecimento adicional deve ser realizado através de e-mail para o seguinte contato: equivalencia@medicina.ulisboa.pt

Em caso de dúvidas, maiores informações AQUI.

Caso tenha gostado do post, não esqueça de clicar no anúncio e ajudar o site a crescer e trazer mais informações úteis !

Anúncios

11 Comments

  1. Carolina Rodrigues da Silva disse:

    O link para a DECLACAO DE HONRA está errado, pois quando clicamos, consta a tabela de emolumentos.

    Curtir

  2. Juliana Guedes disse:

    Olá Fatima! Parabens pelo site. Está ajudando muitos médicos que têm o interesse em validar seu diploma em Portugal, eu incluvise. Você tem conhecimento de algum cursinho preparatório para essa prova de equivalência? Em Portugal, no Brasil ou online?
    Obrigada!

    Curtir

  3. Anne Caroline C C R Pelliccione disse:

    Bom dia Fátima, suas informações também estão me ajudando bastante, obrigada. Gostaria de saber se vc tem um modelo de procuração, procurei no site do consulado e não encontrei.
    Outra questão: vc sabe se tem diferença no processo dependendo da faculdade? Se as provas são mais difíceis numa faculdade em relação à outra?

    Curtir

    • Fatima Calani disse:

      Olá Anne.
      Não tenho nenhum modelo, mas creio que no site da faculdade tenha alguma orientação.

      Hoje temos um processo unificado, então teremos provas iguais, pelo menos é assim que entendo.

      Boa sorte!! 🍀

      Curtir

  4. Clarisse bezerra disse:

    Oi Fátima! O blog é maravilhoso, está me ajudando muito. Estou torcendo pra que você vá bem nas provas!
    Minha dúvida é se o diploma pra entregar é o diploma mesmo ou uma cópia apostilada e quanto ao currículo o que vc recomenda? Pode ser o nosso Lattes?

    Obrigada!

    Curtir

    • Fatima Calani disse:

      Olá Clarisse, como vai?
      Até onde eu sei, pelo menos na minha época foi assim, tudo fotocópia com firma reconhecida, autenticado e apostilado.
      Diploma é um documento sério, jamais deixaria. Mas sugiro ler o edital com calma, certeza que eles falam sobre isso.
      Boa sorte!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: